Água: indispensável à saúde, beleza e bem estar.

  nutricao beleza e estetica
 

Muitas vezes esquecida, a água desempenha inúmeras funções no organismo, é a substância mais abundante do corpo humano e considerada como um elemento vital.
É possível obter esta substancia a partir de alimentos, porém a principal forma de repor a perda diária de líquidos do corpo é a água pura. Além das perdas pelas fezes e urina, ocorrem também através da pele, pelo trato respiratório, assim como pelo suor, que é bastante variável, podendo atingir até dois litros por hora durante a prática de exercícios físicos mais intensos.
Ela desempenha importante papel na digestão, absorção e transporte de nutrientes, participa de diversos processos químicos, além de agir como solvente de resíduos do corpo ajudando no processo de excreção dos mesmos. Faz parte de todos os tecidos do organismo, sendo base para o sangue e de todas as secreções líquidas como lágrimas, saliva, sucos gástricos entre outros. Ajuda ainda, na manutenção da temperatura corporal.
Para quem deseja manter a pele saudável e bem hidratada, não pode deixar de consumi-la, pois como citado, ela ajuda na absorção de nutrientes essenciais para saúde deste tecido. Além do mais, quando aliada a uma dieta rica em fibras, ajuda o transito intestinal evitando o acumulo de toxinas. Em contrapartida, pensando em beleza, o resultado de uma baixa ingestão de líquidos é a pele seca, cabelos fracos, constipação, aumento da probabilidade da acne e celulite.
Aos praticantes de exercício físico, um alerta em especial, a perda de água e eletrólitos varia de acordo com o tipo e a intensidade do exercício, e pode ser acentuada com o aumento da temperatura. Estas perdas podem levar a desidratação, um quadro que aumenta a percepção ao esforço, diminui a capacidade aeróbia e, consequentemente, altera o desempenho.
            O consumo de líquidos deve ser constante e não apenas quando houver a sensação de sede. Quando há esta sensação o corpo já esta em um quadro de desidratação.
Os sintomas de desidratação são boca seca, sonolência, podendo chegar a distúrbios de humor e comportamento, e até, em casos mais extremos, a morte.
As necessidades de água diária diferem de acordo com o gênero e idade do individuo e devem estar aumentadas em dias mais quentes, em casos de febre, gripes e outras doenças.
Atenção especial aos idosos que, diferente das pessoas mais jovens, sentem menos sede e têm necessidades diárias de água aumentada.
Para uma correta orientação, individualizada, contate um profissional nutricionista.

Alessandra Hellbrugge
Nutricionista CRN: 34041
Contato: alessandra.hellbrugge@uol.com.br

 


 

 
 

 

Adoçantes: tipos e peculiaridades
 
  nutricao beleza e estetica  

A crescente procura por adoçantes dietéticos deve-se principalmente ao interesse da população em diminuir a ingestão total de açúcares, no emagrecimento ou manter o peso corporal.
Os adoçantes, utilizados no lugar do açúcar comum (sacarose), possuem substâncias edulcorantes que conferem o sabor doce aos alimentos com a vantagem de maior poder dulcificante e menor quantidade de calorias.
Inicialmente desenvolvido para atender as necessidades de pessoas diabéticas, ou seja, com uma disfunção no metabolismo da glicose (componente do açúcar) decorrente da falta de insulina, os adoçantes dietéticos são classificados como Alimentos para Fins Especiais, segundo a Portaria Nº 29, de 13 de janeiro de 1998.

Atenção aos diabéticos: alguns adoçantes de mesa podem elevar o nível de glicose do sangue, portanto procure um profissional nutricionista para orientação.

Atualmente são encontrados diversos tipos de adoçantes, podendo conter edulcorantes artificiais ou naturais. Dentre os artificiais estão o aspartame, a sacarina, o ciclamato de sódio, o acessulfame K e sucralose. Os naturais podem ser extraídos de frutas e/ou plantas e os mais comuns são a frutose, o manitol, sorbitol, xylitol e os esteviosídeos.
Deve-se atentar que qualquer tipo de edulcorante tem um limite de ingestão diária recomendado pela Organização Mundial da Saúde, isto se deve a seus possíveis efeitos colaterais como dores de cabeça, mal estar, diarréia, alterações do humor, entre outros.
Cada tipo de edulcorante possui um poder dulcificante diferente, tendo como parâmetro de comparação o açúcar branco comum, além de particularidades quanto ao seu sabor residual e utilização mais segura.
Em um programa de análise de produtos o Inmetro examinou 26 marcas de adoçantes presentes no mercado nacional. Apenas duas apresentaram não conformidade no rótulo quanto à composição do produto. Assim sendo, a atenta observação dos rótulos faz-se necessária, uma vez que, os edulcorantes podem ser utilizados em conjunto para potencializar o efeito dulcificante e melhorar o paladar.
Importante salientar que, como citado, todo edulcorante utilizado indiscriminadamente pode trazer riscos a saúde, e ainda, estudos a respeito dos efeitos adversos deste produto têm sido muito controversos. Portanto, consulte um profissional nutricionista para que possa obter informações seguras e personalizadas para sua dieta.

 

Algumas das distinções entre os principais edulcorantes atualmente encontrados no mercado são aqui exemplificadas.
Aspartame: Possui um poder adoçante 200 vezes maior que o açúcar comum e com sabor bastante similar. Dilui facilmente em líquidos quentes, porém perde seu poder adoçante em altas temperaturas, como quando levado ao forno. Atenção, pois este edulcorante possui 4 Kcal por grama, além de conter fenilalanina. Um aminoácido que deve ser evitado por pessoas portadoras de Fenilcetonúria.
Sacarina: Tem poder adoçante 300 vezes maior que a sacarose, não possui calorias, pode ser utilizado em preparações culinárias, pois não perde seu poder adoçante em altas temperaturas, porém possui sabor residual doce metálico.
Ciclamato de sódio: Com poder adoçante apenas 40 vezes maior que o açúcar e com sabor residual doce-azedo, não possui calorias. Tendo a vantagem de poder ser utilizado em altas temperaturas.
Acessulfame K: Doçura 200 vezes maior que o açúcar, sendo muito utilizado em produtos como bebidas, chocolates, geleias por ser estável a altas temperaturas e não conter sabor residual.
Sucralose: Poder adoçante de 600 a 800 vezes ao açúcar comum, sem sabor residual e sem calorias. Ao contrário do que muitos pensam, mesmo este edulcorante sendo produzido a partir de uma molécula de açúcar de cana, é modificado no laboratório e por isso é considerado artificial.
Frutose: Possui sabor semelhante, porém 170 vezes maior que o açúcar comum. É obtido das frutas e do mel e contém 4 Kcal por grama. Pode ser utilizado com outros adoçantes para dar corpo a receitas, pois derrete a altas temperaturas.
Stévia: Natural, sem calorias e com poder adoçante 300 vezes maior que o açúcar, tem sido um dos mais indicados pelos profissionais da área. Porém, tem sabor residual e valor de venda pouco acima dos demais.

Referências:
American Dietetic Association (1998). “Position of the American Dietetic Association: Use of Nutritive and Nonnutritive Sweeteners.” Journal of the American Dietetic Association 98:580–587.
Joint WHO/FAO expert consultation. Diet, nutrition and the prevention of chronic diseases. WHO Technical Report Series 916. Genebra,2003.
Ministério da Saúde. Portaria nº. 29, de 13 de janeiro de 1998. Aprova o regulamento técnico referente a alimentos para fins especiais. Diário Oficial da União 1998.
O Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro): Adoçantes de mesa e Adoçante dietéticos. Disponível em: do.inmetro.gov.br/consumidor/produtos/doçantes.asp

Alessandra Hellbrugge
alessandra.hellbrugge@uol.com.br
Nutricionista CRN 34041/P

Barra de granola sabor Chocolate & Aveia é o grande lançamento da Nature Valley


Novidade que combina gotas de chocolate e aveia promete acelerar o crescimento da marca no Brasil, conquistando o público que preza pelo hábito saudável

 
 


Famosa por conter ingredientes inteiros e selecionados, a Nature Valley, marca de barras de granola da General Mills, criou o novo sabor Chocolate & Aveia para agradar os consumidores que buscam opções saudáveis e saborosas. O lançamento será nacional, com esforços de comunicação em PDV, sampling e degustações. A novidade é parte da conhecida e diversificada linha de barras de granola crocante da marca e chega ao mercado a partir de setembro.
Elaborada a base de granola, aveia, mel e gotas de chocolate meio amargo, a novidade chega ao mercado em embalagem individual e na opção de caixa com três unidades. Além da crocância de Nature Valley combinada com o mais puro chocolate, a nova versão é uma opção para saciar aquela fome que aparece no meio do dia com o benefício de conter ingredientes naturais e selecionados.
 “O mercado de barras está em crescimento e as versões com chocolate representam 45% do total. Com certeza o nosso novo sabor de Chocolate & Aveia trará um grande crescimento da marca no Brasil, já que oferece o tão desejado chocolate aliado ao benefício dos ingredientes inteiros como a aveia”, comenta Waldemar Thiago Jr. diretor de marketing da General Mills do Brasil.
A Nature Valley conta com duas tradicionais linhas de barras de granola. A linha de barras de crocante é composta pelos sabores Aveia e Mel, Banana & Amêndoas, Amêndoas Torradas e agora Chocolate & Aveia.  Já as barras macias podem ser encontradas nas versões Frutas Vermelhas e Frutas, Amêndoas e Uva Passa.

 

Extrato de cassis melhora a visão noturna e age como antiinflamatório natural

 

* Dra. Sylvana Braga

Originário da Europa do Norte, o extrato seco de cassis é muito usado em receitas saborosas na forma de licor, geléia ou em doces, como creme de papaia com cassis. O fruto, que é um poderoso antioxidante, traz inúmeros benefícios à saúde, inclusive para a visão.

Rico em ômega 3, 6 e 9, melhora a saúde dos olhos e auxilia no tratamento de doenças oculares, como a miopia. O cassis remove radicais livres da retina e ameniza a fadiga da visão noturna, além de impedir o surgimento de miopia em crianças.

Por conter antocianinas, compostos encontrados naturalmente em frutas e que têm elevado teor antioxidante, o cassis é ideal para quem sofre de artrite ou tem dor nas juntas. Responsáveis pela cor roxo escuro do fruto e com ação semelhante à aspirina e ao ibuprofeno, as antocianinas inibem a cicloxigenase 1 e 2 e podem ser consideradas antiinflamatórios naturais, que melhoram a fadiga muscular e a pressão arterial.

Considerado um poderoso pré-biótico, ele incita a produção de bactérias benéficas ao organismo, atuando no controle do tempo do trânsito intestinal e na redução do risco de osteoporose.

Também conhecido como groselha negra, o extrato de cassis estimula o sistema imunológico, inibindo infecções e prevenindo doenças degenerativas. Outro importante benefício do fruto é que ele protege a pele contra a radiação ultravioleta, proporcionando um clareamento à mesma. 

umatóloga, fisiatra e especialista em prática ortomolecular, também autora do livro “Dieta Ortomolecular – o segredo de rejuvenescer em total harmonia", que traz mais de 100 receitas para se manter saudável de forma natural.


 

.nutricao beleza e estetica


Hikari incrementa a linha Grão & Vida com o lançamento da Granola Light.
  nutricao beleza e estetica
 

O cereal, além de excelente para saúde, apresenta redução de gordura em 38%
Para deixar as refeições mais saborosas, nutritivas e ainda evitar a preocupação com a balança, a Hikari apresenta a Granola Light, que chega para ampliar a linha de produtos naturais Grão & Vida.
Com a versão light, é possível aproveitar, sem peso na consciência, todos os benefícios do cereal, como reduzir o risco de doenças cardiovasculares, controlar a glicemia e até diminuir a absorção de gordura dos alimentos.
Tudo isso, graças à mistura balanceada da Granola Light, que inclui aveia, flocos de cereais e açúcar mascavo. A alta concentração de fibras também auxilia no bom funcionamento do intestino.
Incluir o cereal no café da manhã é uma forma natural e saudável de começar o dia com mais energia. Há várias formas de fazer isso, como adicioná-las as frutas, açaí e sorvetes, utilizá-la como ingrediente em outras receitas e até pura. É uma delícia!