CICATRIZESCIRURGIAS PLASTICAS

Cicatrizes deformadas, falta de sensibilidade e necrose

O surgimento de cicatrizes grossas, deformadas e queloides que, por vezes, também desenvolvem nódulos subcutâneos, causados pela formação de um tecido duro que repuxa a pele, pode ocorrer após qualquer cirurgia plástica, mas são bem mais comuns quanto maior for à cicatriz, que chega até a se tornar retrátil (quando a pele repuxa para dentro e cria um buraco na região operada). No entanto, algumas sessões de fisioterapia estética ou uma nova cirurgia plástica para correção das cicatrizes sana o problema de forma satisfatória. Por sua vez, a diminuição da sensibilidade na região operada ou em cima da cicatriz pode ser ocasionada pelo inchaço local, sensação que vai diminuindo com o passar do tempo e a ingestão dos medicamentos indicados.

Preocupante mesmo é a necrose, na qual se dá a morte dos tecidos por falta de sangue e oxigênio e também pela perfuração de órgãos. Porém, tal complicação é muito rara, principalmente porque ela está intimamente relacionada à inexperiência do cirurgião plástico.

Comente aqui