CIRURGIAS PLASTICASMOMMY MAKEOVERTENDÊNCIAS

Conheça Mommy makeover

Todas as mulheres sabem que, durante a gravidez, os músculos abdominais, a pele e os tecidos se esticam para acomodar o bebê em crescimento. No entanto, após o parto, essas camadas podem não voltar à sua forma original. Situação idêntica se repete com os seios que também sofrem com a amamentação. Logo, o conjunto de cirurgias, que já faz sucesso lá fora e ultimamente vem ganhando espaço em território nacional, deve ser planejado de acordo com cada paciente.

De qualquer forma, como a Momy Makeover somente é feita após 6 meses do nascimento do bebê e 3 meses após a mulher parar de amamentar, é comum que envolva a abdominoplastia; a lipoaspiração circunferencial e, dependendo do caso, das coxas e dos braços; a elevação do peito; a redução mamária, incluindo a das auréolas; correção de cicatriz de uma possível cesariana; labioplastia; implantes de silicones, tanto nos seios quanto no bumbum, para que recuperem o volume perdido; além de outras técnicas determinadas pelo próprio cirurgião, que também pode recomendar uma série de tratamentos estéticos para aperfeiçoar o resultado final, como mesoterapia, peelings, intralipoterapia, radiofrequência, ultrassom etc. Note que, dependendo das alterações recomendadas e do número de procedimentos realizados, a transformação da mamãe pode ser realizada durante uma única ou, por razões de segurança, em várias sessões que podem durar de 3 a 4 horas cada uma.

 

Busca pela autoestima

 

Foto: 16

 

Toda a mulher sabe que após a gestação é quase inevitável os quilinhos a mais, as estrias e a flacidez em certas partes do corpo. Mas com um filho pequeno, cuidar da pele, fazer uma dieta adequada e ainda praticar exercícios físicos não é nada fácil e, por vezes, a imagem inadequada do próprio corpo permanece, fazendo a autoestima feminina oscilar. Porém, o pacote de cirurgias plásticas consegue rejuvenescer a mulher, tanto que a demanda por ele também já vem sendo percebida nos consultórios brasileiros, nos quais cabe aos cirurgiões alertar as interessadas sobre o ciclo natural do puerpério que traz muitas transformações físicas, psíquicas e hormonais, antes de submetê-las aos procedimentos necessários que, quando bem planejados, realmente ajudam a mamãe a recuperar a satisfação com o próprio corpo.

Comente aqui