ESTÉTICALOBULOPLASTIAPARA O SEU ROSTO

O que é Lobuloplastia?

Foto: 10

 

Brincos e alargadores conferem certo estilo, mas dependendo do modelo, tamanho e peso, eles também se transformam em verdadeiros vilões para a estética das orelhas, que podem sofrer com a ruptura dos lóbulos, situação revertida apenas com a Lobuloplastia. Durante tal cirurgia, de início, é retirada uma parte da pele em volta do rasgo e, em seguida, o médico costura as duas partes divididas, processo que também diminui os furos avantajados, conferindo um novo tamanho às orelhas, que se tornaram maiores devido ao peso dos acessórios usados antes do rasgo. O procedimento é simples, requer apenas anestesia local e dura cerca de 30 minutos. Após a retirada dos pontos, que se dá em 10 dias, já dá para usar brincos de pressão. Depois da recuperação total também é possível furar a orelha novamente, desde que o orifício não fique no local onde estavam os pontos. A partir daí, para preservar os resultados, esqueça os brincos pesados e alargadores grandes demais. Lembre-se também de não praticar exercícios nem dormir com esses mesmos acessórios que podem enroscar no cabelo ou em alguma coisa e ferir a pele do lóbulo, que tende a se tornar bem mais fina e sensível após o procedimento.

O chamado lóbulo bífido

Foto: lobulo_11

Por não apresentar cartilagem como o restante da orelha, o lóbulo pode facilmente se romper ou rasgar, dando origem ao lóbulo bífido, condição que raramente é congênita, mas que, na grande maioria das vezes, acontece em decorrência do uso de brincos pesados ou mesmo de alargadores que, em consequência da força da gravidade, promovem uma lesão diária sobre o tecido com pouca resistência. Situação idêntica se repete quando o brinco enrosca em algo e promove a ruptura abrupta do lóbulo da orelha. Mas o lóbulo bífido, que antes era um problema, graças à otoplastia, agora pode ser corrigido de forma eficaz. Porém, o procedimento exige cuidados, pois o lóbulo pode voltar a se romper novamente, tanto com o uso indevido de acessórios pesados ou grandes quanto por novos acidentes que fazem eles se enroscarem e provocarem nova tração e rasgo. Além disso, lembre-se que o lóbulo só pode ser alargado até certo ponto. Por isso, no momento de substituir o primeiro alargador, escolha outro com apenas 2 mm a mais e, assim, sucessivamente, até atingir o tamanho desejado.

Comente aqui