CIRURGIAS PLASTICASDERMOLIPECTOMIA

Técnicas variáveis

Além de casos de flacidez e excesso de pele nos glúteos, a dermolipectmia também corrige assimetrias moderadas de comprimento nas nádegas, sulcos duplos na parte inferior do bumbum (bem comum nas mulheres) e ainda as dramáticas falências morfológicas que os glúteos podem sofrer depois de uma acentuada perda de peso, inclusive após cirurgia bariátrica. Portanto, também não existe uma técnica única de lifting para solucionar todos os tipos de problemas dos glúteos.

Logo, o cirurgião pode tanto escolher somente uma técnica quanto fazer uma associação delas, valendo-se ou não de implantes para levantar ou aumentar a região, no intento de realizar uma verdadeira remodelagem dos glúteos, cuja projeção deve se concentrar em seus 2/2 superiores. Apesar de todas essas vantagens, ainda cabe a paciente que realmente quer manter os resultados do procedimento por um tempo bem mais prolongado, manter o peso e incluir tanto dietas quanto exercícios físicos em sua rotina diária.

Comente aqui